Mídia

As principais notícias da semana (13/08)

Melhores da semana

Confira as principais notícias da semana (06/07 a 13/08) no mercado de mídia e marketing digital

Acompanhe aqui no blog, toda semana, nosso resumo com as principais notícias dos últimos dias e algumas recomendações da Reamp!

 

Principais notícias do mercado durante a semana

AT&T adquire controle da Otter Media

Foi divulgado, durante a semana, que a AT&T adquiriu o controle total da Otter Media, empresa de mídia digital que foi fundada pelo Chernin Group em 2014. A empresa possui uma série de conteúdos digitais e propriedades de vídeo, incluindo CrunchyRoll, VRV, Rooster Teeth e FullScreen, além de ter investido na transmissão de ofertas diretas ao consumidor com mais de 2 milhões de assinantes de SVOD e 93 milhões de consumidores únicos mensais.

Quando o acordo for fechado, a Otter Media se tornará uma subsidiária da unidade WarnerMedia da AT&T, que é liderada por John Stankey. O New York Times informou que o acordo foi estimado em mais de US$ 1 bilhão.

Saiba mais sobre o acordo no portal do Media Post.

 

Levantamento revela que IGTV ainda tem baixa adesão no Brasil

Pesquisa realizada pela mLabs e divulgada durante a semana, foi realizada com 1.247 pessoas para saber o retorno do uso da ferramenta IGTV, no Instagram, pelos usuários brasileiros. A funcionalidade, que foi lançada em junho, permite que qualquer pessoa produza vídeos maiores e mais elaborados, chegando até a ser comparada com o Youtube como uma possível concorrente. No entanto, de acordo com o levantamento, o número de adesão em produção e consumo no país ainda está muito baixo.

83% dos respondentes da pesquisa afirmaram que nunca produziram conteúdo para o IGTV, 86% não consomem conteúdo nesse formato e apenas 23% disseram que notaram as mudanças trazidas pelo IGTV na maneira como se navega no Instagram. Os resultados não são muito animadores, mas especialistas concordam que ainda é muito cedo para dizer se a funcionalidade vai, realmente, ser um sucesso ou não.

“Apesar da baixa adesão, as coisas podem mudar”, opinou Diego Monteiro, diretor da Smarty Talks, empresa especializada em micro movies, em entrevista ao Meio&Mensagem. “A funcionalidade pode evoluir. Porém, temos que lembrar como o tema ‘vídeo’ é algo problemático para o Facebook. Apesar dos Stories do Instagram serem um sucesso, a empresa vem somando fracassos como o Watch ( que tem até um estúdio próprio e verba de US$ 1 bilhão para produzir conteúdo), o próprio Stories no Facebook e, agora, esse início conturbado do IGTV”, completa.

Saiba mais sobre a pesquisa e opiniões de especialistas no portal do Meio&Mensagem.

 

Projeto Você na Mira faz monitoramento de publicidade eleitoral online

Na última quarta-feira (08/08), foi divulgado pelo InternetLab o primeiro levantamento realizado a partir do projeto Você na Mira, criado para monitorar o uso de publicidade eleitoral na internet por parte dos candidatos. A partir do acesso aos dados anônimos sobre os impulsionamentos, assim como recortes demográficos e de interesses utilizados para anúncios no Facebook, foi possível descobrir para quais públicos os candidatos têm direcionado seus conteúdos. Desde o dia 1º de junho, foram contabilizados mais de 27 mil anúncios e mais de 579 mil usuários atingidos.

Dentre os principais destaques do relatório, estão: foco no eleitorado do adversário como uma das principais estratégias para conquistar votos; propagandas direcionadas para políticos com posições bem semelhantes; direcionamentos para pessoas com interesses em páginas populares na rede social, que reúnem um grande número de jovens; ampla utilização de vídeo por parte de alguns candidatos.

Confira mais detalhes sobre a pesquisa realizada e os comentários de Mariana Valente, diretora do InternetLab, no site do ExchangeWire Brasil.

 

Samsung anuncia Spotify como seu parceiro musical

Na última quinta-feira (09/08), a Samsung não só lançou novos dispositivos como o Galaxy Home, o Galaxy Watch e o Galaxy Note 9 em seu evento Unpacked, como também anunciou uma parceria com o Spotify. O objetivo é criar uma experiência de audição ininterrupta em dispositivos Samsung – é possível tocar uma música no smartphone, por exemplo, e depois passar ela para a TV e para o Galaxy Home. Além disso, o Spotify se tornará parte da experiência de configuração em dispositivos Samsung.

Para o Spotify, essa parceria pode significar mais visibilidade, tornando-a a experiência musical preferida dos usuários de Samsung. E para a Samsung, ela destaca uma de suas diferenças em relação aos aparelhos da Apple, que têm se concentrado no Apple Music ao lançar novos dispositivos como o HomePod.

Confira mais detalhes sobre a parceria divulgada pelas empresas no TechCrunch.

 

Receita do New York Times sobe 20% no primeiro trimestre com investimento no digital

Na última quarta-feira (08/08), Mark Thompson, CEO do The New York Times, anunciou que em breve a empresa chegará a 4 milhões de assinantes, resultando em um crescimento de 20% em sua receita em relação à mesma época no ano anterior. A receita será aumentada para US$ 99 milhões no segundo trimestre, com mais 109.000 internautas e batendo o total de 3,8 milhões de assinaturas, sendo 2,9 milhões delas vindas da plataforma digital.

Os números mostram a importância do investimento no jornalismo online. Além disso, a empresa irá disponibilizar conteúdos exclusivos para seus assinantes digitais, como o podcast The Daily para um público mais jovem. No entanto, Thompson destacou que o resultado do período foi menor do que os últimos trimestres.

Confira a matéria completa no portal do Adnews e opiniões de especialistas sobre o futuro da empresa no digital no Meio&Mensagem.

 

Debate com candidatos à presidência bateu recordes de audiência no Youtube do Brasil

O primeiro debate entre candidatos à presidência do país aconteceu na última quinta-feira (09/08). O evento da Band tornou-se o programa ao vivo mais assistido na história do Youtube no Brasil. Na manhã da última sexta-feira (10/08), o vídeo já somava mais de 2,2 milhões de views em apenas 13 horas no ar, alcançando a primeira posição na aba “Em alta” do site.

Já no Twitter, o número de posts sobre o tema chegou à 1,9 milhão globalmente, entre as 19h de quinta-feira e 4h da madrugada de sexta. O número foi 140% maior do que os 797,5 mil tweets feitos na plataforma durante o primeiro debate eleitoral da campanha em 2014. Os temas de corrupção e educação foram os mais mencionados nas conversas este ano, seguidos de violência, segurança, economia e saúde.

Outra novidade foi que a Band e o Google criaram, em conjunto, a “Sala Digital” para jornalistas e convidados fazerem leitura instantânea da repercussão do evento nas redes sociais. Para isso, painéis instalados na sala exibiam informações em tempo real através do Google Trends.

Confira mais detalhes sobre os resultados online do debate na matéria completa feita pelo Propmark.

 

Recomendações Reamp

Estudo revela que adultos dos EUA, agora, passam quase metade do dia interagindo com a mídia

De acordo com o Nielsen Total Audience Report do primeiro trimestre de 2018, quase metade do dia dos adultos dos Estados Unidos, hoje, é dedicado a consumir conteúdo. No total, gastam mais de onze horas por dia ouvindo, assistindo, lendo e, geralmente, interagindo com a mídia. Por trás desse aumento, estão o uso crescente de novas plataformas, bem como as gerações mais jovens e multiculturais que as utilizam.

Jovens de 18 a 34 anos gastam 43% do seu tempo consumindo mídia em plataformas digitais. Quase um terço do tempo gasto com mídia (29%) vem de apps/web em um smartphone – o máximo que já foi medido em qualquer geração. Além disso, sua participação no uso de dispositivos conectados à TV (14%) é o dobro do total de adultos de 18 anos e sete vezes mais do que adultos com mais de 65 anos. Esses jovens adultos ultrapassam outras gerações em termos de uso diário de dispositivos conectados à TV – com duração de uma hora e 15 minutos, quase meia hora a mais do que a média dos adultos.

A pesquisa completa, divulgada essa semana pelo site do Proxxima pode ser conferida na íntegra no site da Nielsen.

 

TV paga passa por transformações

O mercado de TV paga no Brasil, atualmente, contabiliza cerca de 18 milhões de assinantes e um crescimento negativo nos últimos três anos. No entanto, apesar do resultado não tão bom, seu volume de espectadores ainda é relevante para as geradoras de conteúdo, distribuidoras, telespectadores, agências e anunciantes.

Os desafios estão cada vez maiores, e para especialistas, os maiores deles acontecem pelo excesso de regulamentação. Além disso, o OTT, a pirataria e concorrência do Facebook são práticas que estão no foco dos players do segmento.

Para saber mais sobre o tema, acesse a matéria completa no site do Propmark.

 

O que precisamos saber sobre o novo marco regulatório para marketplaces no Brasil?

No mês de julho, foi realizado pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico e pela Gmattos, um evento para discutir o impacto do novo marco regulatório sobre liquidação de pagamentos em marketplaces no Brasil. As vendas online via marketplaces são realizadas em uma quantidade significativa atualmente, chegando a 25% do total vendido em e-commerce no país.

Durante o evento, especialistas compartilharam seus pontos de vista a respeito do novo marco definido pelo BACEN, que diz que qualquer operação que realize intermediação de pagamentos, participando da sua liquidação, precisa estar enquadrada no regulatório. Ou seja, subcredenciadores que recebam o pagamento, criando uma nova agenda para dividir o recebível em partes entre sellers e marketplaces, estão sujeitos à regulação.

Todos os detalhes sobre o novo regulamento podem ser acessados na matéria completa, realizada pelo E-commerce News.

 

Um terço dos principais sites de notícias dos EUA bloqueiam os usuários da União Europeia em vez de cumprirem com o GDPR, afirma pesquisa

Mais de dois meses depois que o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) entrou em vigor, o Nieman Labs informou que mais de mil sites de notícias nos EUA estão bloqueando usuários da União Europeia (UE) em vez de cumprir as regras de consentimento da nova legislação. A lista inclui um terço dos principais sites de notícias dos EUA, de acordo com a pesquisa de South, como o Chicago Tribune, o New York Daily News, o Dallas Morning News, o Newsday e o The Virginian-Pilot.

“Vimos várias empresas dos EUA, principalmente provedores de mídia de alto perfil, simplesmente fecharem suas portas para membros e clientes da UE, levando a implementação do GDPR e desde então,” disse Dimitri Sirota, diretor executivo da BigID para a Martech Today. “De maneira alguma essa é uma estratégia benéfica para o futuro sucesso organizacional. Essas empresas estão evitando as realidades de operar nesta era moderna de regulamentação de dados”, opinou, dizendo também que acredita que empresas de mídia devem trabalhar em prol da conformidade com o GDPR.

Para saber mais detalhes sobre a matéria, acesse o portal da Martech Today.

 

Marketing de conteúdo e as inúmeras mudanças que trouxe na indústria global

Não é de hoje que já podemos ver a importância do marketing de conteúdo na indústria e as mudanças que ele tem trazido. Durante a semana, um estudo divulgado pela PQ Media revelou que a área cresceu de maneira significativa, movimentando 16 milhões de dólares na indústria global e, só nos Estados Unidos, gerou mais de 7 bilhões de dólares.

No Brasil, 71% das empresas afirmam já terem adotado a estratégia para atrair novos clientes de acordo com a Content Trends 2017. Além disso, as empresas que utilizam o marketing de conteúdo em mais de 13 conteúdos mensais têm, em média, 4,2 vezes mais visitas em seus sites.

Segundo especialistas, a estratégia é eficiente por estar ligada à produção de conteúdo relevante, gerando maior engajamento entre a marca e o cliente. No entanto, também existem algumas dificuldades na hora de oferecer o conteúdo ao público-alvo, tornando ainda mais essencial a distribuição correta em um ambiente seguro e de audiência qualificada.

Confira a matéria completa sobre o tema no portal do Proxxima.

 

Reamp, Google e IAB apresentam webinar sobre modelos de atribuição

Na última quinta-feira (09/08), o IAB Brasil realizou o webinar “Maximizando seus resultados com atribuição e machine learning”, e contou com a participação de Carlos Durão, Business Intelligence Manager na Reamp e Daniel Figueiredo, Team Lead no Google Brazil. Os principais tópicos abordados durante o webinar incluíram: modelos de atribuição, machine learning, ferramentas disponíveis no mercado e passos necessários para montar seu modelo de atribuição.

Para saber mais detalhes sobre cada um dos temas comentados, confira nossa matéria completa no blog ou assista o webinar na íntegra.

Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Início