Written by: Tecnologia

Especial Adserver: o que é e por que utilizá-lo?

Na primeira edição da nossa série sobre adserver, explicamos o que ele é e quais são as principais vantagens de utilizá-lo

Um adserver, na tradução literária, seria um servidor de publicidade online. Ele tem como comportamento principal conseguir hospedar, gerenciar e entregar criativos (peças) em espaços publicitários.

Essa tecnologia permite o rastreamento e gerenciamento de publicidade oferecendo métricas relacionadas. Estas duas tarefas não são simples, já que no universo online o adserver é a ferramenta que está exposta ao maior volume possível de requisições e variações em tráfego, pois entrega peças publicitárias em inúmeros sites, páginas e adnetworks, sendo obrigado a responder a tais requisições em apenas alguns milissegundos.

Hoje em dia, os principais adservers do país são: Google DCM, Reamp Adserver e Sizmek.

 

Pra que serve?

Ao se falar em adserver, mesmo seguindo essa macro descrição do seu funcionamento, deve-se fazer a diferenciação no seu uso, que pode ser para permitir que publishers insiram propaganda online em seus sites e ou então pode ser a ferramenta que fornece dados aos anunciantes e audita a entrega de mídia, garantindo que a campanha que foi veiculada naquele publisher realmente foi entregue conforme o esperado. Os termos técnicos para estas duas denominações, respectivamente são adserver de veículo e adserver de anunciante.

Do lado do publisher, o adserver é utilizado basicamente para controlar inventário de impressões e fornecer relatórios sobre o comportamento do usuário diante das peças de publicidade. Já do lado do advertiser, entende-se que o uso do adserver é primariamente para que o anunciante possa validar e auditar os relatórios de entrega disponibilizados e não ficar à mercê de erros operacionais ou informações inconsistentes de publishers.

 

 

Quais as vantagens em utilizar um ad server?

 1. Controle

Muitos sites não disponibilizam informações e métricas em real time, dificultando possíveis manobras de melhoria na performance da campanha. Com um adserver, além da auditoria e da análise dos dados, o anunciante tem acesso à métricas únicas (que o portal não disponibiliza) como impressão, clique, alcance da campanha (pessoas impactadas), tags de conversão (mapeamento), tráfego dos anúncios, seleção de target, controle de distribuição e a sobreposição da campanha, já que em muitos casos você acaba falando com as mesmas pessoas em sites diferentes.

 

 

2. Auditoria e integração de resultados

O adserver audita os dados provenientes do veículo em que está sendo anunciado, tornando não-subjetivo e especulativo o que de fato foi comprado. Ele permite identificar se a entrega foi realmente realizada no portal desejado ou então se o banner foi realmente visto pelo usuário. Outro benefício que deve ser destacado é a consolidação de métricas e relatórios. Com a utilização de um third party (empresa terceira), o acesso, organização e acompanhamento das campanhas acontece em uma única interface, em um único modelo e formato. Não é necessário traduzir ou compilar dados de diversas tecnologias diferentes, além de evitar a necessidade de manipular os diferentes relatórios de cada publisher.

 

3. Agilidade e Flexibilidade

Pensando em campanhas com constante atualização de criativos o benefício de tempo é ainda maior. Uma vez que as tags do terceiro estejam implementadas nos sites, toda a troca de material fica sobre responsabilidade da empresa contratada, onde na maioria dos casos o atendimento acontece mais rápido (algumas horas). Existem sites que solicitam pelo menos 24 horas para executar uma solicitação, quando não chegam a prazos de 48 horas. O adserver propicia então, um suporte próximo, com possibilidade de personalizações uma vez que normalmente o corpo de TI é interno. Há a consolidação de métricas e relatórios, possibilitando o estudo do comportamento dos usuários e do desempenho das campanhas a partir de relatórios customizados.

 

4. Mensuração

Grande parte do valor de um adserver está nas informações que ele consegue coletar na entrega da peça e das interações com o usuário. As tags (pedaço de código que representa uma peça de publicidade online) do adserver já contém um volume grande de rotinas feitas para capturar dados extras do usuário, como localização, url atual, local de clicks com o mouse , etc.

Qual campanha teve mais cliques? Qual formato chamou mais atenção? Meu anúncio foi realmente visto?

Com análises rápidas, é possível realizar adaptações, reduzindo custos e melhorando os resultados.

 

Confira também:

#EspecialAdserver

(Visited 37 times, 1 visits today)